PUBLICIDADE

Star Trek Discovery | Bem vindos a Federação!

Discovery encontra a Nova Federação, milheres de fans services para o trekkers, mais uma vez Michael salva o dia, e foi um bom episódio.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Avaliação: 4 de 5.

Fala pessoal mais uma semana de Star Trek Discovery com a exibição do quinto da temporda, “Morrer tentando” e foi um belo episódio que provocou uma mistura de sentimentos, falaremos a frente. Nesse episódio finalmente a Discovery encontra a nova Federação e Frota Estelar agora juntas numa base estelar camuflada. E nesse episódio também damos um até breve para um personagem. Então sem mais enrolação, vamos para o melhor e o pior.

>assista a temporada de Star Trek Discovery no NETFLIX

Bem vamos começar pelo melhor porque sempre é melhor (!!) achei incrível a localização da nova Federação/Frota a começar pelo festival de fan services para todos os gostos, uma retrospectiva de respeito ao universo Trek. Passamos pela nova Voyager, homenageamos Nog, uma nova versão do Doutor Holográfico e etc… tudo na medida para deixar com mais carga emotiva o segmento. E também foi muito coerente as primeiras atitudes do Almirante Vance (Oded Fehr) em não acreditar na história contada por Saru e Michael.

divulgação / Netflix

A história, como todas dessa temporada parece ser para mostrar as mil e uma habilidades de Michael que pela primeira vez comandou a nave numa missão oficial, começa com a chegada da Discovery na base secreta da Nova Federação e após serem recebidos com ressalva pelo Almirante Vance, a tripulação é separada e a nave é programada para ser desmontada a fim de descobrir o mistério da nave que não se tem registro.

No meio disso tudo uma doença incurável e mortal está ameaçando os Kilis e a Frota não pode fazer nada para salvar os doentes, ai então a onipotente e onisciente Michael sugere utilizar uma antiga nave da Frota que guarda sementes para a produção de uma cura.

>Esse episódio de Lower Decks rende milhares de homenagem a história da franquia, final tem elemento importante que pode mudar o rumo da série.

Enquanto o plano é debatido a tripulação é interrogada para saber a verdade dos fatos, uma das situações mais legais do episódio. Muito bom ver Dr. Coubert contar sua morte e ressurreição e Tilly contando seu tempo como Capitã imoral do universo do espelho, lá na primeira temporada.

divulgação / Netflix

E o que dizer da incrível participação de David Cronenberg como Kovich, um personagem misterioso que interroga Georgiou e ele possui grande conhecimento sobre ela e o universo do espelho de onde ela veio. Será que plantaram o embrião da série da Seção 31??? Seria demais ter Michelle Yeoh e Cronenberg numa mesma série, viu. Cruzando os dedos desde já.

Infelizmente nesse episódio vimos pela última vez, regularmente, a Tenente Nhan (Rachael Ancheril) que decidiu achar um novo propósito para ela e ficar na nave das sementes e concluir a missão que naquele momento era realizada pela sua espécie, os Barzans. Muito emocionante quando ela percebe que seu povo entrou para Federação e ela ficando lá tem uma chance de se reconectar com eles. Bola dentro nessa parte.

divulgação / Netflix

A parte que me decepciona todas as semanas é que todo episódio os roteiristas armam uma situação que todos podem ajudar mas sempre é a Michael que tem a ideia perfeita e todos parecem ser adoradores dela. E isso para mim, prejudica muito o crescimento dos outros personagens. Uma das melhores cenas foi quando o trio Stamets, Reno e Tilly se juntou para ajudar Michael na situação do Barzaniano que estava fora de fase. Foi sensacional.

E foi isso nessa semana, agora pela chamada do próximo episódio teremos a volta de Booker, para melhorar tudo, e a Discovery agora fazendo parte da Frota oficialmente. Tudo para ser um ótimo episódio também isso se não fizeram tudo para a SuperMichael. E o que vocês estão achando da temporada? Algum palpite sobre a Queima? Quem foi o responsável? Deixe aqui seus comentários.

Até semana que vem, e vida longa e próspera.

PUBLICIDADE

AS 
ÚLTIMAS