Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
divulgação / Imagem Filmes

Solteiros, juntos e enrolados mas até que o zap separe

Coméidia protagonizada por Rafael Portugal e Cacau Protásio vai bem na diversão e inclui camadas interessantes.
5/5
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Avaliação: 3.5 de 5.

Chegando aos cinemas nessa semana, a divertidíssima comédia nacional, “Juntos e Enrolados” com a dupla de sucesso Rafael Portugal e Cacau Protásio como protagonistas.

Contando a história assim de cara, após dois anos juntos, Júlio (Rafael Portugal) e Daiana (Cacau Protásio) finalmente conseguem economizar o suficiente para realizar a tão sonhada festa de casamento. O grande dia chegou! Mas pouco antes da cerimônia, uma mensagem no celular do noivo acabou enrolando todos os planos. O casamento pode até ser cancelado, mas a festa não pode parar!

assista “Juntos e Enrolados” nos cinemas (Respeite as regras sanitárias das salas)

O filme, como toda comédia é um festival de clichês e alguns são bons e outros nem tanto mas aqui o grande destaque do filme é mesmo sendo feito para você rir e rir muito é o jeito que eles tentam humanizar os personagens. È impossível não reconhecer alguns deles, ou talvez todos, entre seus conhecidos e parentes.

divulgação / Imagem Filmes

Sem dúvidas o grande destaque aqui é a química entre a dupla principal Cacau Protásio e Rafael Portugal que consegue transmitir uma verdade ao relacionamento que muito filme de drama não consegue. E claro que ajudados pelo elenco de apoio com destaque para Evelyn Castro e Fábio de Luca como os melhores amigos do casal respectivamente.

O elenco de convidados também é bem interessante passando por uma afiadíssima Fafy Siqueira indo para o humor mais contido de Tony Tornado, passeando pela doçura de Berta Loran chegando a galhofa com Matheus Ceará e sem esquecer das cafonices que funcionam com Emanuelle Araújo e Marcos Pasquim.

leia a crítica de Bob Cuspe – Nós Não Gostamos de Gente

O roteiro de Sabrina Garcia (‘Um Tio Quase Perfeito’), Rodrigo Goulart (‘Um Tio Quase Perfeito’) e Cláudio Torres Gonzaga (‘Os Parças 2’) não tenta inventar a roda nem fazer você pensar muito, apenas se divertir durante a 1h 30min de duração. Tudo é bem linear, com paradas programadas para as esquetes e os punchlines de comédia funcionarem e tudo muito bem feito também pela direção de Eduardo Vaisman e Rodrigo Van der Put.

reprodução / Imagem Filmes

Talvez a repetição das piadas e situações cômicas possam cansar o público porque não tenha dúvida, Juntos e Enrolados parece um filme dos Trapalhões com um pouco mais de seriedade. E espero que você não se canse das galhofas e das piadas que tentam ser politicamente correta.

Precisando espairecer e sair um pouco da rotina cansativa dos dias de hoje, recomendo o filme para te deixar mais leve. E aposto que vocês vão sair cantando a música do Rafael Portugal por algumas horas ou alguns dias. Essa vícia mesmo!