Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
cortesia Dreamworks

Shrek e Gato de Botas vão ganhar reboots!!

5/5
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Foi revelado hoje através da Variety que Shrek e o Gato de Botas vão ganhar novos filmes que irão rebootar as franquias. No comando dos projetos está Chris Meledandri, a mente por trás de Meu Malvado Favorito.

Meledandri foi contratado pela Universal Filmes para encontrar histórias viáveis para trazer para as novas gerações de fans os amados personagens. E como parte da popularidade dos personagens é por causa do elenco de vozes dos filmes, Meledandri já disse que gostaria que Mike Myers, Eddie Murphy e Antonio Banderas voltassem aos papéis.

O diretor explicou assim:

“Quando você lembra daquelas fantásticas performances, você fica pensando que mesmo que eu possa fazer algo para reinventar a história, eu sei que alguma coisa em mim quer que sejam aquelas vozes novamente.”

“O desafio para nós será encontrar algo que não pareça mais um filme numa franquia.”

Mesmo com todo esse desafio, Meledandri parece confiante que vai conseguir, e que é apenas questão de tempo para que os fans possam revisitar o mundo dos contos de fadas.

O projeto só foi para a frente após a compra da Dreamworks Animation por parte da Comcast, que é a dona da Universal que também é sócia na produtora de Meledandri. E o diretor falou sobre o boato que ele poderia gerenciar as duas empresas:

“O jeito que eu trabalho com o pessoal numa produção é muito intenso, e definitivamente não consigo me concentrar em nada mais quando estou fazendo um filme. Eu amo todo o processo de produção e adoro trabalhar com esses artistas. Então não vejo sendo muito bom administrando uma empresa.

Sobre como voltar ao universo do ogro, Meledandri disse:

“Ainda tem muita coisa divertida para contar sobre aquele universo, mas é bem difícil achar uma história que seja fiel a ele. Você quer fazer um filme que seja como uma despedida.”