ray Fisher acha que filme solo do “Ciborgue” vai ser custar muito para a Warner.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Tempo de leitura: 1 minuto
por André Figueiredo

Ray Fisher, mais uma vez, comentou sobre a possibilidade do filme solo do Ciborgue sair. Ele advertiu que custaria muito, cerca de 200 milhões de dólares em efeitos.

divulgação Warner

Os fans do herói ficaram insatisfeitos pois no filme da Liga da Justiça muito do passado do personagem foi cortado, mas ganharam esperança quando Joe Morton (Silas Stone) insinuou que algumas das cenas cortadas da Liga poderiam estar no filme solo. Apesar disso, Fisher disse que não sabe nada sobre o assunto.

Durante sua participação num evento no final de semana, Fisher comentou sobre a possibilidade de voltar a viver o herói.

“Eu não sei. Não posso falar sobre o assunto, porque eles não contam nada até o último minuto. Tem muita gente que precisa aprovar isso. E seria um filme muito, muito caro de se fazer porque é o Ciborgue é praticamente todo digital. Sou o único membro da Liga que não tem uniforme real. Deve sair na casa de 200 milhões de dólares para se fazer. Essa é uma das coisas que eles devem levar em consideração. Porque no papel é um jogo de números para eles.”

Apesar do cenário não parecer ser dos melhores para o filme, o ator ainda têm esperanças em voltar ao personagem. E pede para que os fans continuem fazendo barulho para ajudar o estúdio a se decidir a favor do filme. Por enquanto o filme solo do Ciborgue não está nos planos da DC, mas Fisher não abandonou o personagem ou o projeto.

divulgação Warner

Caso a Warner decida não fazer o filme, o Ciborgue será o único personagem do filme da Liga que não terá seu filme solo. Agora é esperar para ver o que os executivos do estúdio e da editora vão decidir para o futuro do personagem.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: