OS SETE MARIDOS DE EVELYN HUGO – Taylor Jenkins Reid

É impossível ler esse livro e não sair uma pessoa diferente depois de concluída a leitura.

PUBLICIDADE

Mais sobre o universo dos livros no 

SEM REAÇÃO: É exatamente assim que eu me sinto após ler esse livro tão falado no mundo do bookstagram.

Antes de começar a falar sobre Os Sete Maridos de Evelyn Hugo, queria dizer logo de cara que não costumo ler livros hypados, pois eu costumo não gostar deles e isso me frustra demais. Mas, por conta de uma leitura conjunta que decidi fazer junto com uma amiga acabamos escolhendo esse livro e me surpreendi além da conta e dessa vez positivamente.

compre aqui sua edição do livro

Sinopse: Evelyn Hugo é uma atriz de Hollywood poderosa, rica e que possuiu uma vida de 79 anos cheia de escândalos e tendo se casado sete vezes. A atriz decide contratar Monique Grant uma jornalista sem muito renome que trabalha em uma revista famosa para que ela escreva o que seria a sua biografia contando exatamente toda a sua vida pessoal, os seus sete maridos e muito mais. A narrativa se passa no presente com a vida da jornalista que está passando por um divórcio e tenta entender qual a relação e o motivo da grande estrela Evelyn Hugo ter pedido que logo ela fosse a escritora por trás do futuro Best seller que acarretaria na publicação de um livro milionário, afinal Evelyn nunca a viu na vida e nem a conhece… será?

Além dos trechos do presente, temos obviamente o passado narrado por Evelyn que é sem dúvida a melhor parte do livro inteiro e o que me fez amar essa obra.

divulgação / Editora Paralela

Sem dúvidas a autora desse livro conseguiu me fazer ficar super curiosa com os próximos acontecimentos da história da Evelyn, além de que a própria personagem parece que realmente existiu em Hollywood de tão bem construída. Outra coisa que eu amei foi ter essa desconstrução da Hollywood glamorosa que ouvimos falar, nessa história vemos os bastidores, a podridão e o que o ser humano é capaz de fazer por dinheiro, fama e fortuna.

Além disso, a personagem vai narrando desde a época de 50 até os dias atuais, sofremos com a sua história de infância, seus maridos, acompanhamos a produção de vários filmes, a conquista do Oscar e entre outras.

>O que eu mais amo nesse livro é o fato de que vemos cada personagem lidar com a morte de uma forma distinta e temos diversas questões que a envolvem também: religiões distintas, o sobrenatural e a medicina.

Evelyn é uma mulher forte, cativante, verdadeira e muito sincera, ela sabe o que quer e ela corre atrás, como a própria cita diversas vezes no livro ela não ganhou nada de “mão beijada”, ela batalhou muito para ter tudo o que ela sempre quis. Mas, sem dúvida esse livro me trouxe muitas reflexões sobre a vida, sobre as reviravoltas que ela pode dar, sobre o luto, sobre identidade de gênero entre outras. É impossível ler esse livro e não sair uma pessoa diferente depois de concluída a leitura.

Espero que vocês tenham se interessado pelo livro e leiam, vai ser uma leitura bem diferente e com muitos aprendizados para a vida.

Mais sobre o universo dos livros no