PUBLICIDADE

Star Trek Lower Decks - Envoys

opinião | Dupla é destaque em segundo episódio de Lower Decks.

Segundo episódio mantém nível de estréia e mostra como seria a Nova Geração comédia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

Avaliação: 4 de 5.

Segunda semana de Lower Decks e mais um bom episódio. Com destaque especial para a dupla principal da série, os alferes Mariner e Boimler, o que parece que vai ser a tendência da temporada inteira. E pelo jeito vai funcionar porque a dupla é muito afiada e com isso a diversão está garantida sempre. Já abro aqui dizendo que a verborragia de Mariner não me incomodou tanto quanto no piloto (apesar dela ter se contido um pouco mais – ponto para o roteiro).

+essa semana assista Star Trek Discovery na Netflix

No segmento da semana, “Envoys” mais uma vez temos duas tramas correndo em paralelo sendo que nesse episódio as tramas não se encontram como no piloto. Vou começar falando pela trama secundária que foi interessante porque nos mostrou como funcionam, do jeito divertido de Lower Decks, as várias áreas que compõem uma nave estelar (Engenharia, Médica, Comando e Segurança) nessa parte o destaque foi para o Alferes Rutherford que para honrar o compromisso com a Alferes Tendi ele precisa abandonar seu trabalho na Engenharia e tenta encontrar outro caminho dentro da nave.

divulgação / CBS All Access

Uma coisa que chamou a atenção foi como Rutherford se enrolou todo para poder arrumar tempo para estar com a Tendi sendo que no final ela decide passar seu tempo livre junto com ele, e ele trabalhando. Estou torcendo muito para eles.

+Ainda existem momentos interessantes, mas de modo geral a fórmula de Sabrina saturou e os roteiristas optaram por parar de se esforçar.

Agora na outra trama, a principal, o alferes Boimler é designado para pilotar a nave que vai levar o general Klingon K’orin (excelente a piada onde Tendi fala que o nome não é estranho) e após desdenhar da tarefa, Mariner aparece como oficial superior da missão o que não agrada ele. Imaginando que seria uma chance de impressionar os superiores, tudo dá errado para Boimler quando ele percebe que Mariner e K’orin se conhecem e que o General é completamente diferente do que ele imaginava.

divulgação / CBS All Access

Logo após a sequencia do roubo da nave auxiliar e a busca desesperada de Boimler e Mariner temos a joia do episódio, através de muita confusão conseguimos perceber como os personagens se completam – ao estilo Yin-Yang – me surpreendendo como dá para ver que ele deseja ser um pouco mais como ela, ser mais livre não ficando preso aos códigos da frota estelar e ela quer ser como ele, sempre estudando e analisando as situações sem agir apenas com o impulso.

Certeza que grandes episódios centrados na dupla virão nesse sentido. E mais uma vez o final reserva uma surpresa, apesar que essa eu já meio que esperava. No momento de maior dúvida de Boimler sobre seu futuro, um Ferengi aparece e Mariner consegue o confundir com um Boliano. e no final mostra que o Ferengi estava em débito com ela.

+DARK concluiu seu último ciclo com a mesma maestria que entregou desde o começo.

Bem isso é tudo que achei do episódio, espero ter mostrado uma imagem dele. E continuamos torcendo para a série chegar oficialmente ao Brasil. Enquanto isso fiquem ligados aqui toda sexta para mais comentários sobre o episódio. Por enquanto é só, vida longa e próspera.

PUBLICIDADE

AS 
ÚLTIMAS