Olivia Munn foi “punida” pela Fox por contar à elenco sobre cena cortada de “O Predador”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Tempo de leitura: 2 minutos
por André Figueiredo

A atriz de O Predador Olivia Munn foi “punida”, segundo ela, pela Fox por ter contado a seus colegas de filme sobre a exclusão da cena onde estava o agressor sexual Steven Wilder Striegel. A atriz que na semana passada emitiu um comunicado reclamando com a Fox sobre a escalação do ator, fazendo que o estúdio tomasse uma decisão rápida sobre o assunto.

divulgação FOX

Striegel, em 2010, foi considerado culpado por tentar seduzir uma adolescente de 14 anos. O ator ficou preso por 6 meses pelo crime. No filme de Shane Black, Striegel faria uma pequena participação como um corredor que dá em cima da personagem de Olivia Munn, o diretor e o ator são amigos há muitos anos. O diretor que escolheu não contar ao elenco e a equipe sobre o passado de Striegel como agressor, sendo Munn que levou a situação para atenção do estúdio.

Numa aparição no programa da Ellen DeGeneres, Munn falou sobre o que aconteceu, e o apoio que ela recebeu dos fans pelas redes sociais e da imprensa, e também falou sobre a falta de apoio do elenco e do estúdio. A atriz falou que depois de ser “enganada” sobre o fato de Strieger ser um condenado por pedofilia, ela decidiu divulgar a informação com seus colegas de elenco. Ela disse que a Fox logo após a repreendeu por sua decisão.

“Logo depois que avisei meus colegas de elenco, no outro dia fui punida pelo estúdio, tudo porque eu não fiquei calada, e aceitei toda situação. Foi isso que aconteceu.”

divulgação FOX

O estúdio inicialmente recebeu elogios dos atriz e seu colega Sterling K. Brown por ter excluído a cena mas diante dos novos comentários de Munn de como a Fox queria lidar com a situação, mostrou que o estúdio estava querendo manter todos calados e tentando evitar controvérsias.

Enquanto Munn achou necessário mostrar o problema, e para isso ela e Brown assinaram um comunicado enviado para o L.A. Times. A atriz falou que estava se sentindo “isolada” pelo fato da maioria dos seus colegas ficarem em silêncio sobre o assunto.

A Fox alega que não sabia do passado de Striegel por causa de limitações legais e que sempre faz checagem do passado dos atores. E o diretor admitiu que deveria ter contado a verdade para o elenco e emitiu um pedido de desculpa pública sobre a escalação de Striegel. Mas não pediu desculpa pessoalmente para Munn.

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: