Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
divulgação / Pandora Filmes

O Diabo Branco – Umas férias malditas e bem confusas

Co-produção de terror da Argentina e Brasil coloca lenda local em evidência tentando colocar sua marca no gênero.
5/5
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Avaliação: 2 de 5.

Estreia da semana o terror argentino (em co-produção com o Brasil) “O Diabo Branco” mostra algumas virtudes mas no geral é confuso demais para funcionar. O longa de estreia de Ignacio Rogers na direção em quase sua totalidade flerta com o terror mas as pontadas no drama não funcionam.

Passado no interior da Argentina, quatro amigos (dois casais) vai passar o final de semana num hotel resort bem indicado chegando por lá tudo começa a desandar quando encontram um homem misterioso e uma lenda local ameaça a estadia deles.

assista nos cinemas (respeite as regras sanitárias das salas de exibição)

divulgação / Pandora Filmes

As atuações não ajudaram muito na qualidade do filme, principalmente do quarteto principal que está muito caricato e pareceu com preguiça. A maior referência para nós é a participaçaão de Nicolas Siri, bem conhecido por aqui, como o dono da pousada que com pouco tempo na tela não faz nada excepcional.

leia a crítica de Espiral – O Legado dos Jogos Mortais

Fiquei bem confuso com a trama, a lenda até que deu para entender e até parece ser interessante mas as motivações dos cidadãos da comunidade para carregá-la não convenceu muito. E pelo mostrado, o resto do elenco também não estava inspirado. Quem sabe uma outra abordagem mais sombria e com uma atmosfera mais pesada possa fazer essa lenda ter um futuro melhor.

Acredito que o diretor tentou ir mais pela linha do terror psicológico fazendo o sustos como preparação para as cenas mais pesadas mas sem atuações fortes ou ambiente propício não funciona, o que foi o caso do filme.

divulgação / Pandora Filmes

Recomendo apenas se você é muito fan de terror e/ou cinema latino americano para ir assistir O Diabo Branco porque não é uma boa peça cinematográfica e não acho que valha a pena ficar 1:30h pensando demais num filme de terror que raramente vai te dar susto e com o drama latente não acrescentando nada a trama principal. Uma pena.