Nostalgia e Emoção!!! Pokémon!!!

Para quem foi criança e adolescente nos anos 90 chegou nos cinemas com muita Nostalgia e Emoção!!! Pokémon, o Detetive Pikachu.
5/5

compre aqui seu ingresso para assistir “Pokémon: Detetive Pikachu” nos cinemas

Desde 1995, a franquia Pokémon é responsável pelo desenvolvimento de inúmeros jogos-eletrônicos, jogos de cartas, animes, mangás, filmes de animação e aplicativos de telefone-celular. O fenômeno não só marcou as décadas de 1990 e 2000, como o legado da franquia não deixa de produzir conteúdo até hoje. Criada por Satoshi Tajiri e Ken Sugimori em parceria com a Game Freak e a Nintendo, a franquia Pokémon tem um novo marco histórico com o seu primeiro filme live-action: Pokémon – Detetive Pikachu.

Pikachu (Ryan Reynolds/Philippe Maia) e Tom Goodman (Justice Smith) “Pokémon: Detective Pikachu” – Legendary Entertainment; The Pokémon Company; Tõhõ; Warner Bros. Pictures/Tõhõ; Warner Bros. Pictures

OUÇA TAMBÉM: No último Papo Cinefans falamos sobre o universo de Harry Potter, quer saber o que achamos sobre os filmes antigos e a franquia nova dos Animais Fantásticos, só clicar aqui

No mundo Pokémon, Tim Goodman (Justice Smith) é filho de Harry Goodman, um lendário detetive da utópica Ryme City, uma cidade em que seres humanos e Pokémons vivem em harmonia uns com os outros. No entanto, quando o pai de Tim desaparece após um acidente de carro e é dado como morto, o filho é o único interessado em encontrar o pai. Juntando forças com o parceiro de Harry, o Pikachu (dublado em inglês por ninguém menos que Ryan Reynolds), Tim parte em busca de respostas em uma cidade repleta de perigos e de maravilhas Pokémon.

“Pokémon: Detective Pikachu” – Legendary Entertainment; The Pokémon Company; Tõhõ; Warner Bros. Pictures/Tõhõ; Warner Bros. Pictures

O filme traz um elemento nostálgico muito forte pra quem passou a infância acompanhando as aventuras de Ash Ketchum e seus diversos companheiros. Dezenas de Pokémons clássicos fazem aparições no filme: Charizard, Bulbassauro, Cubone, Jigglypuff, Ditto, Squirtle, Eevee, etc. No entanto, deve-se destacar que o público alvo do filme são as crianças de hoje, não as do passado. Pokémon sempre foi uma franquia infantil e o filme também não podia deixar de ser. É claro que os fãs de carteirinha da velha guarda vão se entreter bastante ao ver os seus personagens favoritos “ganhando vida” em CGI na telona, mas não devem esperar por uma trama demasiadamente séria e/ou adulta.

Pikachu e Ryan Reynolds “Pokémon: Detective Pikachu” – Legendary Entertainment; The Pokémon Company; Tõhõ; Warner Bros. Pictures/Tõhõ; Warner Bros. Pictures

MAIS AQUI: Nessa série tem drama humano com o sentimento de luto salpicado de bastante humor negro para a comédia. Uma combinação arriscada, mas interessante. Nosso review sobre Disque Amiga para Matar.

Pokémon – Detetive Pikachu nos traz um enredo repleto de ação, mistério e comédia bastante satisfatório. A aventura é leve e repleta de sentimentalismo tanto entre os personagens quanto entre o espectador e o filme. Enquanto Ryan Reynolds (Deadpool 2) tem a responsabilidade de dar voz ao nosso rato elétrico favorito em inglês, Philippe Maia, o dublador oficial do astro de Hollywood no Brasil, tem o privilégio de dublar o Pikachu em português. Maia tem uma longa carreira como dublador, tendo dublado personagens mais marcantes: Sam Winchester (Sobrenatural), Remy (Ratatouille) e o Chefe Wiggum (Os Simpsons). Tanto Reynolds quanto Maia caem como uma luva no personagem e trazem uma dublagem repleta de humor, sarcasmo, drama e energia, um verdadeiro choque do trovão pra audiência.

Philippe Maia – Wikipédia Wiki

Justice Smith (Jurassic World: Reino Ameaçado) nos apresenta uma performance humorística como o protagonista da história, criando uma boa dinâmica com o Pikachu de Reynolds/Maia. Kathryn Newton (The Society) exibe força e atitude como a ambiciosa repórter Lucy Stevens, parceira de um Psyduck estressadinho e uma eventual aliada de Tim Goodman. A dupla tem química e arranca muitas risadas da plateia.


Lucy Stevens (Kathryn Newton), Psyduck, Pikachu e Tim Goodman “Pokémon: Detective Pikachu” – Legendary Entertainment; The Pokémon Company; Tõhõ; Warner Bros. Pictures/Tõhõ; Warner Bros. Pictures

VEJA TAMBÉM: Minissérie do Netflix, que se trata de um jogo de espiões, mostra como o tema de espionagem sempre rende produções interessantes. O que achamos de “Traidores”.

Os efeitos especiais do filme são de excelente qualidade. Todos os Pokémons são muito bem produzidos e suas habilidades são maravilhosamente representadas. Todos os cenários nos remetem ao universo Pokémon que a velha geração sempre amou e que a nova ama também. Dessa forma, o fanservice é feito da melhor maneira possível, ora discreto, ora específico, ora cômico, ora dramático, uma verdadeira salada de frutas para o espectador.

Portanto, Pokémon – Detetive Pikachu é uma aventura nostálgica infantil que maravilha uma nova geração de fãs de Pokémon e que satisfaz velhos desejos dos fãs do Pokémon raiz. É um filme bastante família com excelentes efeitos visuais repleto de comédia e ação.