divulgação / Disney Pixar

“Lightyear” é barrado em países da Ásia por beijo do mesmo sexo

Filme estreia dia 16 de junho nos cinemas brasileiros

Grande estreia da semana, o novo filme da Pixar / Disney “Lightyear” não será exibido nos cinemas da Arábia Saudita, Emirados Unidos, Kuwait, Malásia e outros territórios na Ásia Ocidental decido a uma cena de beijo de personagens do mesmo sexo.

Na cena, uma personagem lésbica, uma militar espacial chamada Alisha e sua parceira começando sua relação e beijando. Essa cena havia sido cortada na edição final pela Disney. Mas após a manifestação de funcionários da Pixar contra a censura da cena e repetidas ações contra cenas de afeição entre personagens do mesmo sexo pela empresa.

O filme será lançado mundialmente em 17 de junho (no Brasil em 16 de junho) e havia sido incialmente liberado nos Emirados Árabes Unidos mas num revés inesperado, a liberação foi revogada depois de movimentos nas redes sociais acusando à Disney de insultar os muçulmanos e o Islã. Na Arábia Saudita, o filme sequer foi considerado o lançamento já que era esperado ser proibido.

ouça o podcast especial sobre Toy Story 4

Esse não é o primeiro filme da Disney proibido na Arábia Saudita por causa da rígida censura no país, “Doutor Estranho no Multiverso da Loucura” devido a inclusão de um personagem gay e “Eternos” por causa de cenas de beijo de personagens do mesmo sexo, ambos filmes são da Marvel. E também o remake de “Amor, Sublime Amor” foi proibido devido a apresentação de um personagem transgênero.

Na Malásia, o filme também foi proibido já que o país está ficando menos tolerante com os valores ocidentais. As autoridades de censura do país anunciaram que serão proibidos qualquer filme que contenha temas e cenas que envolvam “sexo homossexual e não natural”.

Ainda não se sabe se “Lightyear” poderá ser lançado no streaming Disney Plus mas é esperado a aprovação já que na plataforma o controle dos pais é um recurso importante.

assista “Toy Story 4” no Disney Plus

PUBLICIDADE