Netflix / Razzies

Framboesa de Ouro tem Diana: O Musical como destaque

Além de musical, Jared Leto leva como pior ator coadjuvante e LeBron e Space Jam levam duas framboesas

Foram conhecidos nesse sábado, véspera do Oscar, os premiados no Framboesa de Ouro de 2022. A premiação mais divertida da temporada consagrou “Diana: O Musical” como a “pior” produção da temporada. O filme recebe a honraria nas categorias Pior Filme, Atriz, Direção e Roteiro.

Outras menções honrosas também vão Jared Leto que recebeu o seu prêmio de Pior Ator Coadjuvante pelo seu trabalho em “Casa Gucci” e o astro do basquete LeBron James que foi o vencedor na categoria Pior Ator por “Space Jam: Um Novo Legado”

O filme “Diana: O Musical”, de Christopher Ashley – também inspirado na vida de Lady Di – foi o mais indicado ao Framboesa de Ouro, concorrendo em 9 categorias. Outros destaques ficam por conta de “A Mulher na Janela”, filme da Netflix com Amy Adams inspirado no clássico de Hitchcock, “Janela Indiscreta” (5 indicações); o suspense “Karen” (5 indicações) e “Space Jam: Um Novo Legado” (4 indicações).

E esse ano, no estilo da galhofa de sempre, foi criada uma nova categoria para homenagear todos os filmes ruins que Bruce Willis fez em 2021. Entre os escolhidos da categoria, estão “Sobreviva ao Jogo”, “A Fortaleza” e “Invasão Cósmica”.

veja também os indicados ao Oscar de 2022

Confira abaixo os vencedores do Framboesa de Ouro

Jeanna de Waal – Diana: O Musical – Netflix

Pior filme

“Diana: O Musical”

  • “Infinito”
  • “Karen”
  • “Space Jam: Um Novo Legado”
  • “A Mulher na Janela”

Pior Atriz

Jeanna de Waal, por “Diana: O Musical”

  • Amy Adams, por “A Mulher na Janela”
  • Megan Fox, por “Meia-Noite no Switchgrass”
  • Taryn Manning, por “Karen”
  • Ruby Rose, por “Conquista”

Pior Ator

LeBron James, por “Space Jam: Um Novo Legado”

  • Scott Eastwood, por “Dangerous”
  • Ben Platt, por “Querido Evan Hansen”
  • Roe Hartrampf, por “Diana: O Musical”
  • Mark Wahlberg, por “Infinito”

Pior Atriz Coadjuvante

Judy Kaye, por “Diana: O Musical”

  • Amy Adams, por “Querido Evan Hansen”
  • Erin Davi, por “Diana: O Musical”
  • Taryn Manning, por “Every Last One of Them”
  • Sophie Cookson, por “Infinito”

Pior Ator Coadjuvante

Jared Leto, por “Casa Gucci”

  • Ben Affleck, por “O Último Duelo”
  • Nick Cannon, por “Os Renegados”
  • Gareth Keegan, por “Diana: O Musical”
  • Mel Gibson, por “Dangerous”
Amy Adams – A Mulher na Janela – Netflix

Pior Diretor

Christopher Ashley, por “Diana: O Musical”

  • Stephen Chbosky, por “Querido Evan Hansen”
  • Coke Daniels, por “Karen”
  • Renny Harlin, por “Os Renegadoss”
  • Joe Wright, por “A Mulher na Janela”

Pior performance de Bruce Willis

Bruce Willis, por “Invasão Cósmica”

  • Bruce Willis, por “Emboscada”
  • Bruce Willis, por “Apex”
  • Bruce Willis, por “Deadlock”
  • Bruce Willis, por A Fortaleza”
  • Bruce Willis, por “Meia-Noite no Switchgrass”
  • Bruce Willis, por “Out of Death”
  • Bruce Willis, por “Sobreviva ao Jogo”

Pior casal

Lebron James & qualquer personagem de desenho da Warner que ele drible (Space Jam: Um Novo Legado)

  • Qualquer membro do elenco desajeitado & qualquer número musical pessimamente letrado ou coreografado (Diana: O Musical)
  • Jared Leto & seu rosto de latex de 17 libras, suas roupas ou seu acento ridículo (Casa Gucci)
  • Ben Platt & qualquer outro personagem que age como se Platt cantando 24 horas por dia, sete dias por semana, fosse normal (Querido Evan Hansen)
  • Tom & Jerry (também conhecidos como ‘Comichão e Coçadinha’ (Tom & Jerry: O Filme)
LeBron James e Pernalonga – Space Jam: Um Novo Legado – Warner Bros. Pictures

Pior remake ou sequência

Space Jam: Um Novo Legado

  • Karen (Remake de Cruella De Vil)
  • Tom & Jerry: O Filme
  • Twist (Remake of Oliver Twist)
  • A Mulher na Janela (Rip-Off de Janela Indiscreta)

Pior roteiro

Diana: O Musical – roteiro por Joe DiPietro, música e letras por DiPietro e David Bryan

  • Karen – escrito por “Coke” Daniels
  • Os Renegados – roteiro por Kurt Wimmer e Robert Henny
  • A Mulher na Janela – roteiro por Tracy Letts, do romance de A.J.Finn
  • Twist – roteiro de John Wrathall & Sally Collett

assista “A Mulher na Janela” na Netflix

PUBLICIDADE