Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
netflix inc

Cinefans viu: “Mogli: Entre Dois Mundos”

5/5
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Veja o que achamos da nova adaptação da história do menino lobo

É, Brasil… Esse vai ser difícil de falar sobre. Assisti um dos novos filmes da Netflix, “Mogli: Entre Dois Mundos” e não tenho ideia de por onde começar. Vamos começar pelo básico então: Netflix está querendo muito comprar guerra com a Disney. Caso não saibam, “Mogli – O Menino Lobo” já é do Mickey. Entretanto, na voz da Netflix, o personagem ganhou um lado mais “sério”.

Netflix Inc.

Nessa história, sem musiquinhas e firulas, Mogli é um menino que tem seus pais mortos por um tigre (não me perguntem o nome do bicho, são todos muito difíceis de decorar) e é encontrado por lobos, que resolvem cuidar da criança ao notarem que é um filhote de humano que não tem medo. Depois acontece uma polêmica reunião da alcateia dos lobos, que define o destino do menino. Então, Bagheera, uma pantera negra resolve que vai dar voz ao menino, junto à família de lobos que o encontra. Baloo, um urso, promete dar o treinamento ao garoto como faz com os lobos. Ah, não falei, mas se um lobo não passa no teste, é tchauzinho pra alcateia.

LEIA AQUI: Nossa opinião sobre “SuperDrags”

Netflix Inc.

Mas vamos ao que interessa, a crítica: -1 ponto pra Netflix por ter resolvido produzir um filme do menino, mas +1 ponto por ter trazido outra abordagem à história. Ficamos então no zero a zero. O filme me prendeu em certos pontos, mas me perdeu em outros. A fotografia e os animais foram muito bem feitos e é justíssimo dar destaque a isso, então podem anotar no placar mais um ponto positivo. Escolheram a dedo o rapaz que fez o menino lobo que não é lobo mas também não é humano, então toma mais um. Fico muito na dúvida para finalizar isso, mas acho que a nota final é…

NOSSA OPINIÃO

No fanziometro, o filme leva 3 de 5 

© Netlfix Inc. – Todos os direitos reservados.