Cinefans Indica – Edição 8. (trilogia “Uma Noite de Crime”)

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email
Tempo de leitura: 1 minuto

joao1

Acompanhe o João nas redes sociais

Instagram: @ojoaoveras  | Twitter: @ojoaoveras  | Youtube: DEVERAS


 

 

 

Aproveitando que estamos em ano de eleição, os 3 filmes dessa semana têm tudo a ver com o que pode acontecer com o nosso país caso certo candidato vença a eleição esse ano. A trilogia “The purge” ou, no Brasil “Uma noite de crime”, mostra que qualquer país pode, infelizmente, virar uma zona com um simples decreto. Pensem: é só dar o poder nas mãos da pessoa errada que tudo já era em questão de segundos.

Os três filmes têm como história base uma noite (um período de 12 horas), que foram decretadas pelo governo norte-americano como forma de permitir, a todos, uma brecha para cometer qualquer crime sem qualquer consequência, como tentativa de reduzir, ou até mesmo eliminar os crimes pelo resto do ano. Já entendeu a treta né? Dos três, para mim, o mais legal é o mais recente (o terceiro). O que acontece é que uma senadora passa por um trauma com a sua família em que todos morrem, menos ela, e resolve, assim, ser candidata à presidência dos Estados Unidos com proposta principal acabar com essa noite absurda que, querendo ou não, estimula a violência gratuita. O pior de tudo é que a elite (que é o grupo mais favorecido nessa noite por motivos de dinheiro para proteção e afins) alega que essa noite serve para “purificar a alma das pessoas de bem”. Me poupe, né?

VEJA OS FILMES NO NETFLIX

Vale super a pena cada minuto, quero só ver quem vai se revoltar como eu nesse filme. Ah, e vale lembrar que #elenão.

Lembrando que o quarto filme da franquia está chegando em 27 de setembro contando o início de tudo e também está online a série de TV derivada dos filmes.

 

Uma Noite de Crime, Uma Noite de Crime: Anarquia, 12 Horas para Sobreviver: O ano da Eleição, A Primeira Noite de Crime são propriedades da Universal Studios.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: