Bafta

Bafta revela os indicados ao prêmio de 2022

Premiação mais imporante do Reino Unido acontece em 13 de março

Foram divulgados pela Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas, os indicados do Bafta Awards de 2022. E a lista trouxe algumas surpresas. A premiação está marcada para 13 de março, em cerimônia presencial, com Rebel Wilson estreando como apresentadora do evento.

“Duna” de Denis Villeneuve recebeu 11 indicações, a maioria em categorias técnicas. Seguido por “Ataque dos Cães” de Jane Campion que recebeu oito indicações. “Belfast” de Kenneth Branagh foi indicado em cinco categorias. E “007: Sem Tempo Para Morrer” (era a grande aposta para mais indicações) empatou com “Licorice Pizza” e “Amor, Sublime Amor” com cinco indicações cada.

Talvez a grande surpresa da lista seja a ausência de Kristen Stewart da lista de indicadas a melhor atriz pelo seu papel como a Princesa Diana em “Spencer”.

Esse é o segundo ano que a Academia Britânica que expandiu a sua base de votantes para refletir maior diversidade na escolha dos indicados, e a mudança já pode ser vista esse com a indicação de 70 mulheres ao prêmio, o maior número em cinco anos.

Veja abaixo os indicados ao BAFTA 2022

Melhor Filme

“Belfast”
“Não olhe para cima”
“Duna”
“Licorice Pizza”
“Ataque dos Cães”

divulgação / Netflix

Melhor filme britânico

“After Love”
“Ali & Ava”
“Belfast”
“Boiling Point”
“Cyrano”
“Todos Estão Falando sobre Jamie”
“Casa Gucci”
“Noite Passada em Soho”
“007: Sem Tempo para Morrer”
“Identidade”

Melhor estreia para diretor, produtor ou roteirista britânico

“After Love” – Aleem Khan (roteirista/diretor)
“Boiling Point” – James Cummings (roteirista), Hester Ruoff (produtor) [também escrito por Philip Barantini e produzido por Bart Ruspoli]
“Vingança & Castigo” – Jeymes Samuel ( Escritor/diretor) [também escrito por Boaz Yakin]
“Keyboard Fantasies” – Posy Dixon (roteirista/diretor), Liv Proctor (produtor)
“Identidade” – Rebecca Hall (roteirista/diretor)

Filme em língua estrangeira

“Drive My Car” – Ryûsuke Hamaguchi, Teruhisa Yamamoto
“A Mão de Deus” – Paolo Sorrentino, Lorenzo Mieli
“Madres paralelas” – Pedro Almodóvar, Agustín Almodóvar
“Pequena mamãe” – Céline Sciamma, Bénédicte Couvreur
“A Pior Pessoa do Mundo” – Joachim Trier, Thomas Robsahm

Melhor Documentário

“Becoming Cousteau” – Liz Garbus, Dan Cogan
“Cow” – Andrea Arnold, Kat Mansoor
“Flee” – Jonas Poher Rasmussen. Monica Hellström
“The Rescue” – Elizabeth Chai Vasarhelyi, Jimmy Chin, John Battsek, PJ Van Sandwijk
“Summer of Soul (…ou, Quando a Revolução Não Pôde Ser Televisionada)” – Ahmir “Questlove” Thompson, David Dinerstein, Robert Fyvolent, Joseph Patel

divulgação / Walt Disney Studios

Melhor Filme animado

“Encanto” – Jared Bush, Byron Howard, Yvett Merino, Clarke Spencer
“Flee” – Jonas Poher Rasmussen. Monica Hellström
“Luca” – Enrico Casarosa, Andrea Warren
“A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas” – Mike Rianda, Phil Lord, Christopher Miller

Melhor Diretor

“After Love” – Aleem Khan
“Drive My Car” – Ryûsuke Hamaguchi
“O Acontecimento” – Audrey Diwan
“Licorice Pizza” – Paul Thomas Anderson
“Ataque dos Cães” – Jane Campion
“Titane” – Julia Ducournau

Melhor Roteiro Original

“Apresentando os Ricardos” – Aaron Sorkin
“Belfast” – Kenneth Branagh
“Não Olhe para Cima” – Adam Mckay
“King Richard: Criando Campeãs” – Zach Baylin
“Licorice Pizza” – Paul Thomas Anderson

Melhor Roteiro Adaptado

“Coda: No Ritmo do Coração” – Siân Heder
“Drive My Car” – Ryûsuke Hamaguchi
“Duna” – Eric Roth, Jon Spaihts, Denis Villeneuve
“A Filha Perdida” – Maggie Gyllenhaal
“Ataque dos Cães” – Jane Campion

Melhor Atriz

Lady Gaga – “Casa Gucci”
Alana Haim – “Licorice Pizza”
Emilia Jones – “Coda: No Ritmo do Coração”
Renate Reinsve – “A Pior Pessoa do Mundo”
Joanna Scanlan – “After Love”
Tessa Thompson – “Identidade”

Melhor Ator

Adeel Akhtar – “Ali & Ava”
Mahershala Ali – “Swan Song”
Benedict Cumberbatch – “Ataque dos Cães”
Leonardo DiCaprio – “Não Olhe Para Cima”
Stephen Graham – “Boiling Point”
Will Smith – “King Richard: Criando Campeãs”

divulgação / Netflix

Melhor Atriz coadjuvante

Caitriona Balfe – “Belfast”
Jessie Buckley – “A Filha Perdida”
Ariana Debose – “Amor, Sublime Amor”
Ann Dowd – “Mass”
Aunjanue Ellis – “King Richard: Criando Campeãs”
Ruth Negga – “Identidade”

Melhor Ator coadjuvante

Mike Faist – “Amor, Sublime Amor”
Ciarán Hinds – “Belfast”
Troy Kotsur – “Coda: No Ritmo do Coração”
Woody Norman – “C’mon C’mon”
Jesse Plemons – “Ataque dos Cães”
Kodi Smit-McPhee – “Ataque dos Cães”

Melhor Trilha original

“Apresentando os Ricardos” – Daniel Pemberton
“Não Olhe Para Cima” – Nicholas Britell
“Duna” – Hans Zimmer
“A Crônica Francesa” – Alexandre Desplat
“Ataque dos Cães” – Jonny Greenwood

Melhor Elenco

“Boiling Point” – Carolyn Mcleod
“Duna” – Francine Maisler
“A Mão de Deus” – Massimo Appolloni, Annamaria Sambucco
“King Richard: Criando Campeãs” – Rich Delia, Avy Kaufman
“Amor, Sublime Amor” – Cindy Tolan

Melhor Direção de Fotografia

“Duna” – Greig Fraser
“O Beco do Pesadelo” – Dan Laustsen
“007: Sem Tempo para Morrer” – Linus Sandgren
“Ataque dos Cães” – Ari Wegner
“A Tragédia de Macbeth” – Bruno Delbonnel

divulgação / Warner Bros. Pictures

Melhor Edição

“Belfast” – Úna Ní Dhonghaíle
“Duna” – Joe Walker
“Licorice Pizza” – Andy Jurgensen
“007: Sem Tempo para Morrer” – Tom Cross, Elliot Graham
“Summer of Soul (…ou, Quando a Revolução Não Pôde Ser Televisionada)” – Joshua L. Pearson

Melhor Desenho de produção

“Cyrano” – Sarah Greenwood, Katie Spencer
“Duna” – Patrice Vermette, Zsuzsanna Sipos
“A Crônica Francesa” – Adam Stockhausen, Rena Deangelo
“O Beco do Pesadelo” – Tamara Deverell, Shane Vieau
“Amor, Sublime Amor” – Adam Stockhausen, Rena Deangelo

Melhor Figurino

“Cruella” – Jenny Beavan
“Cyrano” – Massimo Cantini Parrini
“Duna” – Robert Morgan, Jacqueline West
“A Crônica Francesa” – Milena Canonero
“O Beco do Pesadelo” – Luis Sequeira

Melhor Maquiagem e cabelo

“Cruella” – Nadia Stacey, Naomi Donne
“Cyrano” – Alessandro Bertolazzi, Siân Miller
“Duna” – Love Larson, Donald Mowat
“Os Olhos de Tammy Faye” – Linda Dowds, Stephanie Ingram, Justin Raleigh
“Casa Gucci” – Frederic Aspiras, Jane Carboni, Giuliano Mariana, Sarah Nicole Tanno

Melhor Edição de Som

“Duna” – Mac Ruth, Mark Mangini, Doug Hemphill, Theo Green, Ron Bartlett
“Noite Passada em Soho” – Colin Nicolson, Julian Slater, Tim Cavagin, Dan Morgan
“007: Sem Tempo para Morrer” – James Harrison, Simon Hayes, Paul Massey, Oliver Tarney, Mark Taylor
“Um Lugar Silencioso: Parte II” – Erik Aadahl, Michael Barosky, Brandon Proctor, Ethan Van Der Ryn
“Amor, Sublime Amor” – Brian Chumney, Tod Maitland, Andy Nelson, Gary Rydstrom

Melhor Efeitos Especiais

“Duna” – Brian Connor, Paul Lambert, Tristan Myles, Gerd Nefzer
“Free Guy: Assumindo o Controle” – Swen Gillberg, Brian Grill, Nikos Kalaitzidis, Daniel Sudick
“Ghostbusters: Mais Além” – Aharon Bourland, Sheena Duggal, Pier Lefebvre, Alessandro Ongaro
“Matrix: Resurrections” – Tom Debenham, Hew J Evans, Dan Glass, JD Schwaim
“007: Sem Tempo para Morrer” – Mark Bokowski, Chris Corbould, Joel Green, Charlie Noble

Melhor Curta de Animação Britânico

“Affairs of the Art” – Joanna Quinn, Les Mills
“Do Not Feed the Pigeons” – Jordi Morera
“Night of the Living Dread” – Ida Melum, Danielle Goff, Laura Jayne Tunbridge, Hannah Kelso

Melhor Curta-metragem britânico

“The Black Cop” – Cherish Oteka
“Femme” – Sam H. Freeman, Ng Choon Ping, Sam Ritzenberg, Hayley Williams
“The Palace” – Jo Prichard
“Stuffed” – Theo Rhys, Joss Holden-rea
“Three Meetings of the Extraordinary” Comitê” – Michael Woodward, Max Barron, Daniel Wheldon

Melhor Estrela em Ascenção (votado pelo público)

Ariana Debose
Harris Dickinson
Lashana Lynch
Millicent Simmonds
Kodi Smit-McPhee

assista “Ataque dos Cães” na Netflix

PUBLICIDADE