Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
divulgação / Amazon Prime Video

A Guerra do Amanhã | crítica

Chris Pratt mostra seu carisma e talento para fazer longa de ficção funcionar e consegue entreter pelas longas 2h do melhor que média, Guerra do Amanhã.
5/5
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Avaliação: 2.5 de 5.

Estreia da semana no Amazon Prime Video, a ficção de ação “A Guerra do Amanhã”, ou The Tomorrow War no original que tem Chris Pratt, J.K. Simmons, Yvonne Strahovski no elenco. Já começo dizendo para vocês que o longa de Chris McKay é bom mas não espere nada muito espetacular, o maior feito do filme para mim foi encaixar outros gêneros transformando em um conceito interessante e claro que o carisma de Pratt facilita gostar da produção.

assista a Guerra do Amanhã no Amazon Prime Vídeo (assinatura necessária)

A trama de ação com um fundo de guerra entre a humanidade no futuro e seres alienígenas na verdade é uma bonita maneira de contar a relação entre Dan Forester (Pratt) e sua filha Muri Forester (Ryan Kiera Armstrong). Essa parte do drama entre eles e os efeitos visuais são as partes mais top do filme. No sentido de valores de produção, não houve poupança. Tudo muito bem feito.

Os vilões chamados carinhosamente de Garras-Branca são tão bem feitos que ficaram mais assustadores. Só faltou um pouco mais de história porque todo vilão bom mesmo um predador merece uma história de fundo. E nesse ponto toda a criação do arco de Dan Forester foi extremamante feliz.

divulgação / Amazon Prime Video

A parte da ficção tá bem básica para todo mundo entender, esse é um ponto a favor. Não precisa ficar preocupado se alguma teoria aparecer porque com certeza você vai entender. E mesmo nas partes mais “técnicas” não se preocupe porque é tão confuso que nem vale a pena entender. Apenas se divirta vendo o que acontece.

Outro filme de ficção bem interessante com crítica é Oxigênio, esse da Netflix.

A grande reviravolta da trama, pois é, tem uma reviravolta. Digamos que ela é bem fácil de acertar mas ela funciona mais pelo esforço dos atores do que pelo texto que diga-se de passagem não ajuda em vários pontos. Pode-se dizer que em filmes de ação não precisa se caprichar no texto, não é verdade?

divulgação / Amazon Prime Video

Finalizando, esse não é o melhor filme da ação ou de ficção que você verá esse ano mas posso garantir que não será um perda de tempo mesmo considerando que o filme é longo a beça. Isso também não precisava até porque o final não contribui muito para a melhora da produção. Concluindo, está recomendado. Dá uma chance pra turma do Chris Pratt defendendo a humanidade nessa Guerra do Amanhã e volta aqui para comentar o que achou? E se descobrir me fala quem ganhou a Copa do Mundo do Catar?